No V Fórum Social Mundial, representantes da Associação de Moradores de favelas de São José do Campos, foram apresentados à estudantes dos Mosaico. A partir deste primeiro contato, diversas reuniões aconteceram entre a comunidade e os alunos.

Após uma análise  mais criteriosa da situação da comunidade - que foi expulsa da antiga Vila Nova Tatetuba por questões jurídicas - ficou estabelecido que o Mosaico faria o estudo de viabilidade urbanística, para auxílio das 40 famílias que lutavam na justiça pelo retorno à vila, localizada próxima ao centro da cidade. Assim foram realizadas, para desenvolvimento do projeto, duas visitas na área de estudo e três visitas à comunidade.

GT São José dos Campos